Como o estresse pode acabar com sua saúde

No dia a dia corrido, na frequência que as coisas funcionam no mundo atual, a cobrança de produzir cada vez mais em menos tempo, seja qual for sua área de atuação, a pressão interna e externa, o medo, a insegurança, a vontade de fazer com que dê certo, a espera, entre muitos outros fatores, causam o famoso estresse. Esse que é um dos inimigos da nossa saúde é o tema deste texto. Vamos explicar o que é o estresse, quais são os sintomas, como que isso afeta sua saúde e oferecer soluções para esse problema tão danoso e comum na nossa sociedade.

Frustrated

Como o estresse pode acabar com sua saúde

No dia a dia corrido, na frequência que as coisas funcionam no mundo atual, a cobrança de produzir cada vez mais em menos tempo, seja qual for sua área de atuação, a pressão interna e externa, o medo, a insegurança, a vontade de fazer com que dê certo, a espera, entre muitos outros fatores, causam o famoso estresse. Esse que é um dos inimigos da nossa saúde é o tema deste texto. Vamos explicar o que é o estresse, quais são os sintomas, como que isso afeta sua saúde e oferecer soluções para esse problema tão danoso e comum na nossa sociedade.

Estresse

Estresse é um estado que é causado por situações diversas diárias. É uma resposta do seu corpo a alguma ação que pode ser positiva ou negativa. Não se tem as causa definidas do que pode causar o estresse em uma pessoa, mas o problema se manifesta com muita frequência em muitas pessoas submetidas a certos modos de vida ou situações, o que leva os cientistas, médicos e pesquisadores a oferecerem algumas soluções que você pode conferir no tópico quatro.

Como detectar o problema

O estresse dá muitos sinais de presença. Costuma ser sutil no começo, pode ser confundido com reações normais, mas, se não tratado, pode ser bem agressivo e criar reações mais barulhentas. São sintomas mentais e físicos que devem ser tratados o mais rápido possível para não desenvolver distúrbios e outras doenças.

Os sintomas mais comuns são: batimentos cardíacos fora do ritmo ou acelerados, respiração acelerada/ofegante, transpiração, tonturas, tremores, boca seca, dor de cabeça, dor no estômago, tensão nos músculos, irritabilidade, dificuldade de concentração, cansaço, dificuldade para dormir, ganho de peso com muita facilidade, dificuldade para memorizar coisas, pressão alta, aftas, tonturas, entre outros.

Como afeta a saúde

Bom, o estresse, se recorrente, pode desenvolver muitas doenças. É por isso que o tratamento, quando detectado, é muito importante, mas mais importante ainda é a prevenção do estresse, como veremos no próximo tópico.

As doenças que podem aparecer se você estiver sobre estresse com frequência são: ansiedade, síndrome do pânico, insônia, transtornos alimentares, depressão, problemas no coração, asma, diabetes, e também pode haver a baixa imunidade, que vai causar infecções. Por todas essas doenças apresentadas, mais vale se prevenir mesmo contra o estresse.

Possíveis soluções

As soluções que irão ajudá-lo a longo prazo não são poucas. Muitas delas podem ser agregadas à sua rotina como prevenção desses sintomas todos. Pequenas ações como comer bem, beber àgua regularmente, praticar exercício físico, evitar fumar, evitar beber, se livrar de relacionamentos nocivos, entre outros, podem impedir que você sofra e garantir qualidade de vida para todas as áreas.

Para descobrir quando estiver sob estresse, a recomendação é ir ao médico que vai  diagnosticá-lo com esse problema e indicar tratamentos. É importante ressaltar que outros profissionais além do clínico geral podem diagnosticar estresse, são eles: psicólogo, psiquiatra e otorrino (trata das doenças desenvolvidas no nariz, no ouvido e na garganta). Outra recomendação é fazer sexo; buscar coisas que o façam bem; conviver mais com as pessoas que você aprecia; dormir melhor, criando um cronograma ou uma rotina que garanta que você durma bem e confortável; ver as coisas do mundo com outros olhos; pensar positivamente; meditar; fazer massagens, como a shiatsu, a de reflexologia, a relaxante, a terapêutica etc.; afastar-se um pouco da tecnologia; procurar uma religião ou não; entre outros.

Para concluir, o estresse é ruim sim, mas deve ser erradicado com cuidado e atenção, utilizando o que você gosta de fazer, até para ser mais prazeroso e proveitoso em longo prazo. Ninguém tem uma receita específica, o que abre possibilidades de descobertas! Aproveite as informações!

Como o estresse pode acabar com sua saúde
Rate this post

Author: Genilson

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *