7 dicas de alongamento para idosos

Os idosos não podem simplesmente ficar parados dentro de casa sem se exercitar ou manter uma vida ativa: é extremamente importante que uma pessoa de qualquer idade procure fazer exercícios físicos com frequência, e com idosos não é diferente! O alongamento é ótimo para pessoas acima de cinquenta anos, já que ajuda no bem-estar emocional e, principalmente, no bem-estar físico. Permite uma maior flexibilidade das articulações e também dos músculos, melhora a circulação do sangue pelo corpo e ainda facilita algumas atividades do dia a dia, como cozinhar, limpar a casa e estender roupas, por exemplo (já que dá mais disposição à pessoa).

Saiba 7 dicas de alongamento para idosos.

X dicas de alongamento para idosos

Exercício número 1

Primeiramente, deite-se com a barriga voltada para cima e dobre uma das suas pernas. Segure-a acima do seu joelho, com muita cautela para não forçar demais a articulação. Mantenha-se nessa posição até mais ou menos trinta segundos, sem parar de respirar, e logo em seguida faça o mesmo exercício com a sua outra perna.

Exercício número 2

Esse exercício é bem simples. Basta sentar-se com as pernas esticadas e juntas, e logo em seguida esticar os braços, tentando alcançar os pés com as suas mãos. Fique nessa posição por trinta segundos e volte a relaxar, para tentar novamente.

Exercício número 3

Nesse exercício, você vai precisar ficar de pé. Incline o seu corpo para o lado que desejar, levantando o braço (por exemplo, se você for se inclinar para a esquerda, levante o braço direito; se for se inclinar para a direita, levante o braço esquerdo) e também permaneça nessa posição por mais ou menos trinta segundos, repetindo o exercício com os dois lados do corpo.

Exercício número 4

Novamente de pé, afaste as suas pernas e estique o seu braço direito para o lado esquerdo, mantendo o braço na altura da linha do ombro. Assim, com a mão esquerda, faça pressão no seu cotovelo direito e se mantenha na posição por quinze segundos, repetindo com o outro lado em seguida.

Exercício número 5

Fique de pé, também com as pernas afastadas e esticadas, e incline seu corpo para frente, dobrando a coluna. Depois, segure a ponta de um dos seus pés com a mão que está do mesmo lado do corpo e estenda o joelho para alongar o tornozelo. Com o joelho da outra perna flexionado para assegurar a sua estabilidade durante o movimento, fique nessa posição por 15 segundos e repita com o outro lado do corpo em seguida.

Exercício número 6

Fique de pé e flexione o seu cotovelo direito para, com a palma da mão na orelha esquerda, fazer um movimento suave para o lado. Fique nessa posição por 20 segundos e repita com o outro lado.

Exercício número 7

Afaste as suas pernas quando estiver de pé e estique as suas mãos de modo que fiquem acima da sua cabeça, totalmente em direção ao céu. Depois, espreguice-se e se mantenha nesta postura, completamente esticada. Fique assim por cerca de 15 segundos e retorne para a posição normal.

 

OBS: Lembre-se de que esses exercícios são de alongamento e podem ser feitos em qualquer momento do dia. Porém, é essencial respeitar os limites do seu corpo para evitar qualquer lesão nas articulações ou nos músculos. Ainda, esses exercícios devem ser feitos regularmente para que se consiga ver e sentir os benefícios em médio a longo prazo (nunca em curto!). Procure um médico para saber qual a frequência necessária da prática dos exercícios para o seu corpo. Os médicos costumam recomendar que a atividade seja realizada cerca de três vezes por semana.

7 dicas de alongamento para idosos
Rate this post

Author: Genilson

Share This Post On

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *